Como ganhar dinheiro no YouTube?

A monetização (como ficou conhecido o processo de pagamento) de um canal no YouTube vai desde a manifestação do interesse em profissionalizar e receber pelos conteúdos até o saque do valor por meio do AdSense.

Ganhar dinheiro com o YouTube?

Para se candidatar ao Programa de Parcerias do YouTube é necessário preencher alguns requisitos: possuir mil inscritos e, no mínimo, quatro mil visualizações nos últimos doze meses, o que já configura uma pequena comunidade engajada no conteúdo produzido pelo canal. Já para receber o dinheiro, é preciso que o dono do canal ou seu responsável financeiro tenha mais de 18 anos e possua uma conta no AdSense, plataforma de publicidade do Google por onde é realizado o pagamento.

 O YouTube paga por visualização?

Atualmente, o valor pago por visualização é calculado com base no Custo por Mil Visualizações (CPM). Isso significa que a cada mil reproduções de propagandas em seus vídeos, o conteudista ganha uma parte do dinheiro investido pelo anunciante.

Outra forma de ser remunerado por visualização é quando um assinante do YouTube Premium assiste aos seus vídeos. Uma parte da mensalidade paga pelo usuário é revertida para o autor do conteúdo.

Quanto ganha um YouTuber?

O YouTube tem mais de um bilhão de usuários e, diariamente, as pessoas assistem a mais de um bilhão de horas de vídeo, de acordo com dados fornecidos pelo próprio site.

O número de canais com receitas anuais de seis dígitos cresce mais de 40% ao ano, enquanto aqueles com cinco dígitos, recebem acréscimo superior a 50%.

Os dados impressionantes fazem do YouTube a maior plataforma de vídeos do mundo.

Assim, criar um canal e produzir vídeos para ele pode ser uma ótima maneira de ganhar dinheiro.

Usando produtos e marcas

O YouTuber pode, assim, receber produtos de empresas em troca da divulgação dos mesmos.

O uso de produtos pode ser uma ótima forma para iniciar seus ganhos no YouTube, já que é uma maneira mais simples tanto para as organizações, quanto para o produtor de conteúdo.

É importante criar relações interessantes com marcas e verificar aquelas que tenham, de fato, relação com a temática do canal e que sejam do interesse do público.

6. Produzindo conteúdo patrocinado

Por fim, fazer conteúdo patrocinado é uma das fontes de remuneração de vídeos do YouTube.

Com essa forma, criam-se parcerias pagas com marcas para o recebimento em dinheiro pela publicidade.

Vou novamente citar Evan Edinger, que diz o seguinte sobre essa modalidade de monetização:

“Podem pagar 12 vezes mais do que o faturamento com anúncios em um mês. Parece surreal, mas é verdade.”

Evidentemente, tudo vai depender do grau de influência do YouTuber e do quanto as empresas estão dispostas a pagar pelo trabalho.

Uma boa maneira para ter um parâmetro é conversando com outros produtores de conteúdo da mesma área e com nível de assinantes semelhante.

Vale a pena usar o youtube?

A maior plataforma de vídeos do mundo remunera os criadores de conteúdo através do pagamento feito por visualização.

Além dessa maneira tradicional para fazer uma grana no YouTube, existem diversas outras, como patrocínio e divulgação de produtos. Então vale muito apena investir no YouTube.